Templo Mayor

Para os Astecas, o Templo Mayor ocupava o centro do universo e jamais poderia mudar-se a outro lugar. Por isso, sempre que necessitavam ampliar, construiram um novo sobre o já existente, fato que ocorreu pelo menos 7 vezes. Cada remodelação sempre mantinha as mesmas características iniciais: o templo era formado por escadas duplas na fachada principal e duas capelas no topo da pirâmide. Está localizado em Tenochtitlan, a capital do império Asteca, que após a colonização tornou-se a Cidade do México, capital do país.

Templo Mayor 3

Este templo foi o principal edifício religioso do império, dedicado a Huitzilopochtli, Deus do Sol e da Guerra, e a Tláloc, Deus das chuvas. O local sagrado era formado por uma praça de 350 x 350 metros, formado por 78 edifícios e locais destinados a cultos religiosos.

Com a chegada dos espanhóis, o suprimento de água foi cortado, culminando com a derrota do povo Asteca. Para deixar clara a dominação, os colonizadores destroem o Templo Mayor, e sobre ele constroem uma catedral, simbolizando a imposição da religião católica sobre suas antigas ideologias.

Templo Mayor 5
Ao fundo, a catedral construída sobre as ruínas do templo

Parte da zona arqueológica foi recuperada a partir de escavações arqueológicas que iniciaram em 1978. Foram recuperados mais de 7 mil objetos do local, e grande parte encontra-se em exposição no museu do local.

Templo Mayor 4
Crânios e objetos encontrados nas escavações
Templo Mayor 2
O museu conta com vários objetos de arte Asteca
Templo Mayor
Muitos itens foram encontrados praticamente intactos

Fernando Cezar Pauletto

Engenheiro de Produção por formação, viajante profissional por paixão. Já morou no Brasil, Estados Unidos e Argentina, e neste ano está vivendo uma experiência diferente no México.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *